Câmara realiza Sessão Solene em comemoração ao Dia do Conselheiro Tutelar

A Câmara Municipal de Fortaleza realizou, nesta terça-feira (20), no auditório vereador Ademar Arruda,  Sessão Solene em comemoração ao Dia do Conselheiro Tutelar, comemorado no dia 18 de novembro. A homenagem foi proposta pelo vereador Márcio Martins (PROS), através do requerimento 0612/2018, aprovado por unanimidade pelo plenário da Casa Legislativa. Na justificativa, o vereador destacou que a realização de sessão solene tem um significado que transcende uma simples homenagem, pois celebra-se de fato uma doação a uma das mais nobres causas da vida humana, “o conselheiro tem como característica a disponibilidade permanente, o sentimento paternal e maternal, o zelo por crianças e adolescentes em situação de risco ou com direitos violados”.

A sessão foi presidida pelo próprio vereador Márcio Martins, no ato representando o presidente da CMFor, vereador Salmito Filho (PDT). A mesa solene contou com as presenças do deputado estadual e federal eleito Capitão Wagner; Stela Fernandes de Andrade, conselheira tutelar; Natanael Azevedo, conselheiro tutelar de Caucaia e Ademir Brandão, conselheiro Tutelar de Frecheirinha.

Em sua saudação aos presentes, o vereador Márcio Martins disse sentir-se honrado ao prestar essa homenagem a profissionais tão importantes. “Temos debatido diariamente nessa casa, que é nosso papel sobre a importância desse trabalho que vocês realizam. Eu me avalio como legislador mediano, um bom fiscalizador, mas o que gosto mesmo é ser representante do povo. Não quero sair daqui como campeão de projetos, existem muitas leis, mas faltam os que bem representam o povo. Com todas as dificuldades vejo que vocês prestam um trabalho sem igual. Fiz visitas a três conselhos. Quando vejo pessoas reclamando do trabalho de vocês, penso que elas deveriam ir conhecer a realidade de vocês”, pontuou.

Márcio disse que apresentou um projeto de indicação reajustando o salário dos conselheiros tutelares. “Queria eu poder apresentar um de lei, mas não tenho essa prerrogativa sobre matéria financeira. Mas para mim, isso não é custo, é investimento. Vamos aproveitar agora, que aumentaram o salário dos ministros do Supremo (Tribunal Federal) e vários órgãos vão aumentar também, principalmente as casas legislativas, para reivindicar esse reajuste de vocês, que é justo.

Hoje é um dia de festa e tenho imenso prazer de dividir com vocês essa noite. O Conselho tem que ser um órgão independente. Tem que se criar uma teia de discussão maior sobre o protagonismo e o papel de vocês na sociedade”, enfatizou.

Em seguida, a palavra foi facultada ao deputado Capitão Wagner para saudar os presentes. “Os nossos jovens são desamparados e está na ponta o conselheiro tutelar tentando garantir condições dignas e humanas. É dada uma missão quase impossível a eles, pois não têm ferramentas e meios para executar. Além de homenagear, devemos lutar e brigar para que eles tenham condições de bem atender as crianças e adolescentes. Eles, como nós legisladores, foram eleitos. É bom que cobremos e tenhamos um olhar diferenciado para que eles possam de fato exercer suas missões”, destacou o parlamentar.

Em seguida foram prestadas homenagens da noite aos seguintes conselheiros tutelares: Arquimedes Façanha Pereira; Eliane Gomes Coelho; Paulo Sérgio Matias da Silva, Rodrigo César Baltazar Pinheiro Pinto e Stela Fernandes de Andrade, que falou em nome dos homenageados.

Stela destacou a dificil missão, de acordar cedo, se despreender dos seus problemas e levar para aquela sala (Conselho) seu carinho e força, e sair de lá com algo resolvido e uma demanda solucionada, “o que é difícil, porque a rede é fragmentada. Quantos de nós tivemos que levar as crianças que estavam conosco em atendimento para almoçar, quantos compraram fraldas, quantos de nós tivemos que ficar com eles, porque não tinham onde deixá-los a noite. Isso é uma súplica, precisamos muito mais de ajuda” ressaltou.

Ela apontou que segundo o Conanda, Fortaleza precisaria de 130 conselheiros e só possui 40. “O prefeito garantiu mais 4 conselhos. Temos fé, para irmos para 60, mesmo assim não atende nem 50% da cidade. Temos um conselheiro para atender 100 mil pessoas. É um absurdo! Queremos sentar com a Câmara de Fortaleza e Câmara Federal para falarmos sobre nossos problemas”.

“Falam que temos o salário mais alto, mas não falam que temos a maior demanda e estamos na cidade onde mais se matam adolescentes. Tivemos dois conselheiros presos em uma casa pegando fogo, quem os salvou foram outros conselheiros tutelares. Nós só temos nós. Quando falta um profissional pedimos de outros conselhos. É um momento solene, festivo, mas temos que clamar e pedir. Precisamos de mais apoio de mais força. Não devemos ser situação ou oposição, nosso partido é o da infância, nossa causa é criança e adolescente. Quando tivermos esses direitos reconhecidos, podemos partir para outras frentes. Quando houver injustiças não poderemos nos calar. Peço ao vereador Márcio que leve para a tribuna essa reivindicação, pois o prefeito prometeu mais 20 conselheiros. Ainda é pouco, mas já desafoga a situação atual”, finalizou.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s