Sessão solene homenageará bandas marciais e fanfarras no Ceará

Criar Dia Municipal das Fanfarras e Bandas, Regentes e Maestros, além de cobrar criação de editais de incentivo pra essa área é o que propõe o vereador Márcio Martins, que reunirá músicos profissionais na noite desta quinta-feira (20), no plenário da Câmara Municipal de Fortaleza.

Sem incentivos, bandas e fanfarras começam a diminuir no Ceará, é o que explica o fundador da Associação Cultural De Incentivo As Fanfarras E Bandas (Acifaban), Roberto Medeiros, um dos homenageados da noite. “O Ceará já chegou a ter cerca de 200 corporações musicais em plena atividade, mas com as dificuldades e falta de recursos, hoje em dia, cerca de 50 tentam manter suas atividade”, diz.

As competições são promovidas pelas associações, com pouquissímo ou quase nenhum apoio público. No Ceará existem a Acifaban (Fortaleza e Russas); Abanfare (Associação de Bandas, fanfarras e regentes, de Horizonte); EMBFEC e UNIBAFAM. Por ano, o Ceará chega a ter cerca de 20 competições.

“Várias vezes campeã cearense, que chegou a ser vice-campeã nacional em 2016, a ACAS acabou por falta de incentivos. Outras tradicionais que também acabaram por falta de incentivos: Marcial Meteoros, tricampeã cearense (Russas), Independência (Fortaleza), entre outras”, completa Medeiros. “Não existe sequer uma competição inter-escolar”, finaliza.

FANFARRAS E BANDAS

Categoria musical que possui diversas modadelidades, sendo algumas delas: Fanfarra tradicional (composta de cornetas e cornetões), Fanfarra show (acrescentada de corpo coreográfico), Fanfarra juvenil e infanto-juvenil, Fanfarra de percussão, etc.

BANDAS: Categoria que possui modalidades como Bandas Marciais: tradicionais (instrumentos bocal liso de pisto), show (podendo usar os mesmos da tradicional, acrescido de instrumento de palheta, e corpo coreográfico, como dança, balizas e mor).

TRADIÇÃO SECULAR

As Fanfarras e bandas tiveram origem na Inglaterra, com toque de caixa de guerra, em captura de fugitivos e execuções, com a sua evolução, chegou a tradição que temos hoje, que hoje carece de falta de apoio em todos os sentidos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s