Vereadores querem criar Frente Parlamentar em defesa dos empreendedores de Fortaleza

Tramita na Câmara Municipal de Fortaleza o requerimento nº 4313/2018, que oficializa a criação de um grupo de vereadores focados para o estudo e a tomada de decisões sobre taxas estabelecidas pelo Código Tributário Municipal.

Atualmente são necessários em média 182 dias para se montar uma empresa em Fortaleza. Microempresas no sistema Simples (que reduz a burocracia para pagamento de tributos) preenchem 19 fichas obrigatórias para ser fundada na capital cearense.

O Vereador Márcio Martins, propositor do requerimento, justificou que os aumentos propostos pela prefeitura em 2018 afetam expressivamente de forma negativa a econômica municipal. “A população brasileira vive um período de crise e o aumento exorbitante dos tributos apenas gera dificuldades para os empreendedores local, muitos empreendimentos fecharão as portas ou migrarão para os municípios vizinhos”, afirmou.

Pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) confirmou que ‘redução de impostos e de juros’ são as prioridades para 52% dos representantes do varejo e da área de serviços. O combate à corrupção e a diminuição da burocracia ficaram entre a terceira e a quarta colocação entre as prioridades de mudança.

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s