ALCE aprova projeto de indicação que torna obrigatório o atendimento preferencial de pessoas com autismo em todos os estabelecimentos públicos e privados do Estado

A Assembleia Legislativa do Ceará aprovou nesta quinta-feira, 26 de outubro, o Projeto de Indicação 98/16, de autoria do deputado estadual Capitão Wagner (PR), que torna obrigatória a inclusão do símbolo mundial do transtorno do espectro autista em todas as placas de atendimento prioritário nos estabelecimentos públicos e privados do Estado. Segundo Capitão Wagner, o texto do projeto foi elaborado em conformidade com a legislação que instituiu a Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista.

“É de extrema importância que os autistas tenham atendimento preferencial, pois muito das vezes a demora excessiva das filas possibilita certa dificuldade na espera nos bancos, supermercados, shopping, farmácias, cinema ou qualquer outro ambiente”, explicou o parlamentar, ressaltando que o atendimento preferencial deverá ser comprovado através da carteirinha comprobatória da condição de autista, com a finalidade de facilitar a identificação, sem a necessidade de apresentação de um laudo médico.

Confira o projeto:

A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO CEARÁ, DECRETA:

Art. 1º Os estabelecimentos públicos e privados do Estado do Ceará ficam obrigados a inserir nas placas informativas de atendimento prioritário o símbolo mundial da conscientização do transtorno do espectro autista, conforme anexo.

  • 1º Para a obtenção do atendimento prioritário, deverá ser apresentada carteirinha comprobatória da condição de autista expedida e regulamentada pelo Poder Executivo do Estado do Ceará.
  • 2º A preferência no atendimento se estenderá também à pessoa acompanhante do autista.

Art. 2º Para fins desta Lei, entende-se por estabelecimentos privados:

I – supermercados;

II – bancos;

III – farmácias;

IV – bares;

V – restaurantes;

VI – lojas em geral; e

VII – similares.

Art. 3º Os estabelecimentos que não cumprirem a presente Lei sofrerão sanções e multas a serem regulamentadas pelo Poder Executivo do Estado do Ceará.

Art.4º o Chefe do Poder Executivo Estadual regulamentará a presente Lei no prazo de 180 dias contado de sua publicação

Art. 5º Esta Lei entra em vigor na data da sua publicação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s