Não tem Risperidona nos postos de saúde de Fortaleza

Denunciei na Câmara Municipal de Fortaleza a falta do medicamento ‘Risperidona’ nas unidades de saúde. Temos visto nas campanhas publicitárias da prefeitura, no que diz respeito aos medicamentos, de que temos uma reserva suficiente, mas, na prática, isso não está se cumprindo. E aqui trago a denúncia de vários pais de pacientes com autismo, que necessitam de uma medicação especial para aliviar os sintomas. Eu mesmo fui in loco em três postos e identificamos que lá não tinha essa medicação.

A informação da prefeitura é de que a medicação passou a ser de alto custo, e que por isso será necessário realizar um novo cadastro dos pacientes. A minha revindicação maior é que não houve uma comunicação aos pais sobre essa transição. E o ponto primordial é que os pacientes autistas no momento estão sem medicação, por isso peço ao Executivo para resolver na maior urgência possível essa situação.

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s